MG – Extrema

Há muitos anos atrás, ainda na época que andava com a corajosa Drag Star, nós conhecemos a cidade de Extrema, exploramos várias e maravilhosas trilhas como a do Pico das Flores de dificuldade média, mas muito linda, quem tiver este tipo de interesse a dica é partir São Paulo bem cedo para chegar na cidade até umas 8 horas da manhã, a melhor alternativa é parar defronte à agência que levará aos passeios, troque de roupa para algo adequado à trilha ou outra atividade e divirta-se, quem nos levou foi a .

Desta vez, precisávamos de um local para um pernoite próximo a São Paulo, embora a gama de opções de pousadas em cidades próximas seja enorme, me espantou os altos preços cobrados que chegam a mais do dobro de pousadas equivalentes ou melhores em locais mais distantes.



Hospedagem
Optamos pela pousada Muxarabi, por que possuía uma boa estrutura, no entanto foi decepcionante, o brilho do passado que mostra no site não corresponde à realidade de hoje, os chales com uma linda vista, hidro, estão mal cuidados, o restaurante “gourmet” é caro para o que oferece e o seu cardápio traz poucas opções como o trivial filé a parmigiana e spaghetti a bolonhesa, ambos com molho pobre e o macarrão para uma pedida gourmet se esperaria uma massa fresca, pratos que se comem por ai por 1/3 do preço e com melhor qualidade sem escolher muito.


Trajeto


Situação das estradas
A Rod. Fernão Dias está bem conservada, vários pedágios, mas com valores razoáveis, próxima à pousada a estrada está em mal estado de conservação e exige mais cuidado, para motos pesadas será mais complicado, com alguns trechos com asfalto quase inexistente.

Comments are closed