SP – Pirassununga

DSC_0035 Depois de uma semana de muito calor em São Paulo, este sábado amanheceu parcialmente nublado e com temperatura extremamente agradável para um passeio de moto, uma motivação a mais para pegar a estrada, alguns quilômetros depois já sabíamos que o sol nos acompanharia por todo trajeto e durante o retorno em alguns pontos o termômetro do computador de bordo chegou a 40º nos forçando a algumas paradas para hidratação, sem o que seria impossível aproveitar plenamente o prazer de pilotar, felizmente a Rod. dos Bandeirantes e Anhanguera dispõe de diversos pontos de parada, seguros e de boa qualidade.

Mas vamos ao que interessa, saímos de São Paulo pela Rod. dos Bandeirantes e logo depois pegamos a Anhanguera seguindo no sentido de Leme, nosso destino a ACADEMIA DA FORÇA AÉREA de Pirassununga onde são formados os pilotos que orgulhosamente patrulham nossos ares.

Orgulho que não seria por menos, afinal estes jovens se dedicam a este treinamento desde o ensino médio vindo da Escola Preparatória de Cadetes do Ar em Barbacena e ingressando diretamente na AFA, são anos de dedicação e empenho das 5:50h às 22:00h todos os dias para se formarem aviadores, intendentes e demais funções necessárias à corporação.

Para chegar lá siga a Rod. Anhanguera saindo para a SP-225 ( siga a placa para Apiaí ) e aproximadamente 20 kms depois estará chegando ao acesso a AFA, é necessário que se identifique na entrada e não é permitida a circulação sem o acompanhamento de um oficial ou cadete, no entanto o procedimento é simples, embora um pouco demorado, mas são muito solícitos em mostrar todas as instalações fornecendo todas as informações e curiosidades que somente um cadete teria condições de saber, a exemplo das 4 águias que ficam no centro da praça que representam os 4 anos que os cadetes passam da academia e cada uma delas está sobre colunas mais grossas, simbolizando que a cada ano o trabalho será mais arduo.

DSC_0031 O calor abrasador foi o que mais atrapalhou esta visita, não tivemos coragem de descer da moto a cada instante para fotografar as belas alamedas arborizadas e outros pontos turísticos, mas ficaram na lembrança e é um motivo a mais para irem conhecer.

Caso deseje retornar à estrada mais rapidamente o acesso que fizemos de entrada é o mais próximo, mas tempo e pincipalmente para quem não conhece, atravesse a academia e saia pelo portão norte, de lá a estrada irá leva-lo à Cachoeira das Emas onde podem além de curtir o visual do local ainda conta com um excelente restaurante.

No nosso caso como já o conhecíamos resolvermos variar indo ao centro para comer em um restaurante de comida japonesa bastante recomendado, o Oishii Sushi com excelente atendimento, peixe fresco e bem preparado a um preço compatível, recomendamos a quem gosta desta culinária, vale a pena conhecer.
DSC_0039
Todo motociclista que se preza não se importa em somar alguns quilômetros ao trajeto para não voltar no mesmo rastro, portanto ao retornar siga as orientações para Analândia onde chegarão ao acesso da Nova Bandeirantes, como sempre asfalto impecável, irão encontrar diversos grupos de moto retornando à São Paulo em praticamente todas as paradas, seja nos postos Graal, Lago Azul ou até mesmo no Shopping Serra Azul, para os mais extrovertidos é divertimento garantido e boas horas de conversa.


Pirassununga

[img src=http://www.passeiodemoto.net.br/wordpress/wp-content/flagallery/pirassununga/thumbs/thumbs_dsc_0003.jpg]450
[img src=http://www.passeiodemoto.net.br/wordpress/wp-content/flagallery/pirassununga/thumbs/thumbs_dsc_0005.jpg]450
[img src=http://www.passeiodemoto.net.br/wordpress/wp-content/flagallery/pirassununga/thumbs/thumbs_dsc_0007.jpg]430
[img src=http://www.passeiodemoto.net.br/wordpress/wp-content/flagallery/pirassununga/thumbs/thumbs_dsc_0008.jpg]340
[img src=http://www.passeiodemoto.net.br/wordpress/wp-content/flagallery/pirassununga/thumbs/thumbs_dsc_0010.jpg]310
[img src=http://www.passeiodemoto.net.br/wordpress/wp-content/flagallery/pirassununga/thumbs/thumbs_dsc_0014.jpg]300
[img src=http://www.passeiodemoto.net.br/wordpress/wp-content/flagallery/pirassununga/thumbs/thumbs_dsc_0018.jpg]280
[img src=http://www.passeiodemoto.net.br/wordpress/wp-content/flagallery/pirassununga/thumbs/thumbs_dsc_0022.jpg]270
[img src=http://www.passeiodemoto.net.br/wordpress/wp-content/flagallery/pirassununga/thumbs/thumbs_dsc_0023.jpg]290
[img src=http://www.passeiodemoto.net.br/wordpress/wp-content/flagallery/pirassununga/thumbs/thumbs_dsc_0025.jpg]280
[img src=http://www.passeiodemoto.net.br/wordpress/wp-content/flagallery/pirassununga/thumbs/thumbs_dsc_0026.jpg]290
[img src=http://www.passeiodemoto.net.br/wordpress/wp-content/flagallery/pirassununga/thumbs/thumbs_dsc_0031.jpg]320
[img src=http://www.passeiodemoto.net.br/wordpress/wp-content/flagallery/pirassununga/thumbs/thumbs_dsc_0032.jpg]330
[img src=http://www.passeiodemoto.net.br/wordpress/wp-content/flagallery/pirassununga/thumbs/thumbs_dsc_0035.jpg]280
[img src=http://www.passeiodemoto.net.br/wordpress/wp-content/flagallery/pirassununga/thumbs/thumbs_dsc_0037.jpg]330
[img src=http://www.passeiodemoto.net.br/wordpress/wp-content/flagallery/pirassununga/thumbs/thumbs_dsc_0039.jpg]260

Capturar

Comments are closed